Orçamento 2020: transporte público tem menos verba

Com o terceiro maior orçamento, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes contará com R$ 3,1 bilhões em 2020, de acordo com a Proposta de Lei Orçamentária Anual (PL 647/2019), que estima as receitas e fixa as despesas da cidade para o ano que vem. Durante a tramitação, o projeto poderá sofrer alterações propostas por munícipes e vereadores. A proposta para o Orçamento 2020 prevê, no entanto, um subsídio menor para o transporte público.

Transporte público: entenda a diminuição de verba

A verba da pasta diminuiu 2,3% em relação a este ano. Uma das principais mudanças no Orçamento 2020 é a previsão do subsídio do transporte público municipal, que caiu para R$ 2,25 bilhões – em 2019, foram R$ 2,9 bilhões.

Os demais recursos da secretaria devem ser usados em ações de manutenção do próprio sistema. Serão disponibilizados R$ 358,5 milhões para manutenção e operação do transporte coletivo; R$ 240 milhões para terminais de ônibus; e R$ 30 milhões para ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas.

O orçamento do Fundo Municipal de Desenvolvimento de Trânsito, que destina verbas para manutenção de vias, sinalização e serviços de engenharia de tráfego, teve redução de 18,3%. Estão previstos R$ 1,3 bilhão para 2020, enquanto o orçado para este ano foi R$ 1,6 bilhão.

MARIANE MANSUIDO
DA REDAÇÃO 

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também