Volta das aulas presenciais do Ensino Médio é autorizada na capital

MARIANE MANSUIDO
HOME OFFICE

Nesta quinta-feira (22/10), a Prefeitura de São Paulo anunciou o retorno das aulas presenciais do Ensino Médio na capital paulista, a partir do dia 3 de novembro. A decisão vale para escolas municipais, privadas e estaduais da modalidade.

Secretário de Saúde, Edson Aparecido, apresentou os dados da primeira fase do inquérito sorológico em profissionais da educação. Até o dia 21/10, foram testadas 65.400 mil pessoas, sendo crianças do 3º ao 9º ano, estudantes do Ensino Médio (14 a 19 anos), e professores e profissionais de apoio. Pelo menos 13% tiveram contato com o coronavírus. A maioria dos infectados (66%) foram crianças de 9 a 13 anos.

Questionado sobre a segurança dos estudantes e familiares em relação a uma futura transmissão da doença, Edson Aparecido declarou que a faixa etária do Ensino Médio já está circulando na cidade. ”De 14 a 19 anos, boa parte deles trabalham, e a vigilância sanitária vê de forma diferente as crianças menores que têm um convívio mais permanente com os familiares. Por isso, não teria impacto na transmissibilidade do vírus na cidade”, afirmou Aparecido.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Bruno Caetano, as escolas estão preparadas para esse retorno, que será feito de forma voluntária, ou seja, caberá aos pais decidir sobre o envio de seus filhos ou não. Para aqueles alunos que não retornarem, o ensino remoto será mantido, garantiu o secretário.

Em relação ao Ensino Infantil e Fundamental, a Prefeitura informou que as atividades extracurriculares serão mantidas.

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também