Prefeitura de SP descarta lockdown na cidade e informa que evolução dos casos de Covid-19 é estável

MARCO CALEJO
HOME OFFICE

A Prefeitura de São Paulo apresentou na manhã desta quinta-feira (19/11) o cenário da pandemia na capital paulista. Os dados divulgados mostram estabilidade na evolução dos casos confirmados e de óbitos. Apesar de a variação da doença ser considerada estável na cidade, o Executivo municipal descarta ampliar a flexibilização neste momento.

As informações foram apresentadas em coletiva de imprensa on-line, com a participação do prefeito, dos secretários municipais da Saúde e da Educação, além do presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Eduardo Tuma (PSDB), que representou o Legislativo paulistano.

Os desafios para combater a doença na cidade foram relembrados na coletiva, assim como os cuidados necessários para evitar a disseminação da Covid-19 como o uso da máscara de proteção facial, a higiene e o distanciamento social.

Lockdown

Com a estabilidade da evolução dos casos confirmados e de óbitos, a Prefeitura de SP informou que os números não apontam para a necessidade de implantar lockdown (bloqueio total) na cidade nem retroceder nos protocolos já adotados no município.

Hospitais de campanha

O secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, disse que os hospitais de campanha do Pacaembu e do Anhembi foram importantes para atender os pacientes no pico da pandemia. Neste momento, o chefe da pasta afirmou que não é preciso adaptar os leitos novamente.

Questionado se a capital paulista vive uma segunda onda do coronavírus, o secretário disse que no entendimento dos sanitaristas e epidemiologistas do município não é possível afirmar.

Educação

Em relação à Rede Municipal de Ensino, o secretário municipal da Educação, Bruno Caetano, afirmou que a programação nas escolas da cidade está mantida. De acordo com ele, as aulas regulares do Ensino Médio e as atividades extracurriculares dos ensinos Infantil e Fundamental permanecem conforme já previstas no plano de flexibilização.

CMSP

Representando a Câmara Municipal de São Paulo, o vereador Eduardo Tuma (PSDB) falou do trabalho da Casa no combate à pandemia. “O Legislativo paulistano aprovou leis importantes nesse momento de combate à Covid-19 e continua pronto para novas alterações, novas leis que se fazem necessárias nesse sentido”.

Tuma também disse sobre os projetos que devem entrar na pauta de discussão da Câmara nas próximas sessões. “Semana que vem deve dar continuidade ao plano de desestatização e a projetos de desenvolvimento urbano, fundamentalmente na área imobiliária aqui da capital”.

A íntegra da coletiva de imprensa está disponível aqui.

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também