Ouvidoria da Câmara registra 184 manifestações em março

IARA SILVA
HOME OFFICE

Em cumprimento à Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, Lei de Acesso à Informação (LAI), a Ouvidoria da Câmara Municipal divulgou nesta quarta-feira (7/4) seu relatório mensal de tratativas de demandas. O documento mostrou que, do dia 1º a 30/3, foram registradas 184 manifestações de munícipes.

Canais de atendimento

Em março, a principal forma de contato foi por e-mail, somando 121 interações. Em seguida, estão as manifestações via WhatsApp (43), presenciais (9), Portal do Cidadão (8) e telefone (3).

Gênero e regiões

Os dados apontam também que 51% dos que procuraram a Ouvidoria eram homens, 18% eram mulheres e 28% não informaram, podendo ser anônimos ou instituições.

Quando mapeados os atendimentos com informações de localidade, a maior parte das manifestações (41) vieram de outros municípios. Já dentro da cidade de São Paulo, foram 12 da Zona Sul, 9 da Zona Central, 5 da Zona Norte, 4 da Zona Leste e 3 da Zona Oeste. Outros 110 contatos optaram por não informar localização.

Demandas

Também em março, as demandas da Ouvidoria foram em sua maioria livre manifestações (73), solicitações de informação (48) e solicitações de previdência (44). Ainda foram registradas sugestões (5), reclamações (5), denúncias (5), relatos pessoais (2), críticas (1) e elogios (1).

Assuntos privados foram o objetivo de  48 manifestações.  Na sequência, 38 atendimentos estavam relacionados à Câmara. O restante trata de assuntos das secretarias municipais que são de responsabilidade da Prefeitura.

LAI (Lei de Acesso à Informação)

Também no Portal da Câmara, o munícipe encontra uma página com a Lei de Acesso à Informação.

No último mês, os canais da LAI registraram apenas uma manifestação por meio do Portal do Cidadão partindo de uma mulher que solicitou informações sobre os gastos de gabinetes de vereadores no ano de 2020.

Para ler o relatório completo da Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo clique aqui. Já o documento da LAI está disponível neste link.

Sobre a Ouvidoria da CMSP

A Ouvidoria é a porta de entrada para as solicitações dos munícipes, assumindo também o gerenciamento dessas demandas e as tratativas no seu fluxo de atendimento.

Seus canais de atendimento são:

  • Presencial: realizado no Palácio Anchieta, sede da Câmara Municipal de São Paulo, no Viaduto Jacareí, 100, 2º andar, sala 207A, Bela Vista, São Paulo – SP – CEP 01319-900. Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 18h. TEMPORARIAMENTE INTERROMPIDO
  • E-mail: ouvidoria@saopaulo.sp.leg.br.
  • Telefone: 0800-322-62-72 (ligação gratuita). Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 19h.
  • Correspondência: carta endereçada à Câmara Municipal de São Paulo, A/C Ouvidoria do Parlamento: Viaduto Jacareí, 100, 2º andar, sala 207A, Bela Vista, São Paulo – SP – CEP 01319-900.
  • Zap Câmara (WhatsApp da Câmara): +55 11 3396-4000
  • Área do Cidadão: clique aqui.

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também