Homenageando à cultura cigana, Câmara entrega Medalha Anchieta a Rodrigo Valenzuela

André Moura | REDE CÂMARA

Entrega da Medalha Anchieta e Diploma de Gratidão da cidade ao senhor Rodrigo Valenzuela

JOTA ABREU
DA REDAÇÃO

A Câmara Municipal realizou na noite desta sexta-feira (23/10) Sessão Solene para entrega da Medalha Anchieta e Diploma de Gratidão da cidade de São Paulo ao senhor Rodrigo Valenzuela, um dos principais defensores da cultura cigana no Estado de São Paulo. A homenagem foi de iniciativa do ex-vereador Vavá dos Transportes (PODE). Quem abriu a sessão foi o vereador Alessandro Guedes (PT). 

Ao receber a honraria, Rodrigo Tadeu Fernandes dos Santos, descendente dos Valenzuela, disse que na terra mais miscigenada do mundo, que é o Brasil, tem orgulho de ser filho cigano. Ele contou que começou a fazer festas ciganas depois de vender perfumes nas festas de outras famílias, para dar sustento à sua.

Com um discurso forte, ele pediu para que haja atenção às necessidades dos ciganos. “Em vez de ficar reparando se um é mais cigano que outro, vamos resolver o problema do nosso povo! Quantos ciganos passando fome, agora, e discriminação? O que é uma mulher vestida de cigana indo ao mercado? O que ela sofre? Eu já fui expulso de um ônibus com a minha esposa vestidos com roupa folclórica. E nunca negamos o que somos. Onde houver um de nós, milhões de preconceitos serão quebrados”, declarou.

A esposa de Rodrigo, Jovanka Valenzuela, também falou agradecendo a Deus, ao universo e à família, e falou sobre o trabalho que eles têm de, além de festas, levar alimentos aos acampamentos ciganos, realizar o registro de ciganos junto a cartórios. “Nossa caminhada, nossa trajetória é longa, e nossos eventos foram construídos com todos vocês. A família Valenzuela se resume a respeito, amor e verdade”. 

O ex-vereador Vavá demonstrou satisfação em proporcionar a homenagem. “O que o Rodrigo faz dentro dessa cultura, é como o trabalho que se faz na periferia para a população menos assistida, que é sempre o povo mais trabalhador e que mora nos locais mais distantes, mais marginalizado”, afirmou.

Logo no início da solenidade, o empreendedor Agamenon Della Calle prestou uma homenagem à Família Valenzuela. Ele salientou que já quase 100 anos desde que a família passou a residir no estado. Rodrigo e a esposa, Jovanka, são responsáveis por tradicionais Festas Ciganas da Família Valenzuela, na cidade, desde 2011. Della Calle relembrou o êxito desse evento que ocorre regularmente. 

“É importante registrar que esse prêmio não é apenas para o Rodrigo ou à família Valenzuela, mas para o reconhecimento da cultura cigana, que por muito tempo foi esquecida, jogada à margem da sociedade. E de um tempo para cá, a população já não vê mais o cigano com preconceito”, disse. 

Seguiram vários depoimentos e homenagens ao casal, enviadas por vídeo de várias localidades do Brasil e de outros países, como Portugal, Austrália, Índia, entre outros. Foram demonstrações de agradecimentos pela realização das ações de preservação das artes e cultura cigana, e dos trabalhos de visita e atenção ao povo cigano com ações sociais. Em seguida, houve a entrega da Medalha Anchieta e do Diploma de Gratidão da cidade de São Paulo. 

Histórico

Com o intuito de propagar, difundir e preservar a cultura cigana de forma abrangente, formando parcerias para quebra de objeções e mitos a respeito dos ciganos e suas tradições, a família Valenzuela promove as tradicionais Festas Ciganas da Família Valenzuela, com músicos, artesãos, comidas típicas, rituais ciganos, apresentações de dança cigana com a presença de renomados nomes da cultura cigana.

Através de Rodrigo, preocupado com a inclusão social, a família vai além, com projetos sociais, promove arrecadação em geral com o intuito de beneficiar o povo cigano em melhoria de vida e resgate cultural. O homenageado defende o direito do descendente cigano, cidadãos brasileiros conhecerem, resgatar e viver os traços culturais que trazem nas veias.

Uma Contribuição

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também