Governo de SP promove neste sábado o ‘Dia V’ de Vacinação 

KAMILA MARINHO
HOME OFFICE

O governo do Estado de São Paulo promove neste sábado (16/10), em parceria com os 645 municípios paulistas, um novo Dia V de vacinação, com duas frentes principais: aplicação da segunda dose e da dose adicional contra a Covid-19 e atualização da carteirinha de crianças e adolescentes que integram tanto a campanha contra o coronavírus quanto a de multivacinação.

Mais de 5 mil postos estarão abertos das 7h às 19h. A população deve consultar a programação e horários de funcionamento dos postos de sua cidade. Para garantir o funcionamento e a disponibilidade de equipe completa nas unidades no decorrer do sábado, a Secretaria de Estado da Saúde disponibilizará um recurso financeiro aos profissionais de saúde dos municípios.

Atualmente, há 4,1 milhões de pessoas que estão com a segunda dose contra a Covid-19 atrasada. Entre elas, estão 2,1 milhões de pessoas que precisam concluir esquemas vacinais com doses da Pfizer, número que foi impactado com a antecipação de 12 para 8 semanas no intervalo entre primeira e segunda dose. A medida já beneficia parte dos 3,2 milhões de adolescentes de 12 a 17 anos que começaram a ser imunizados em agosto e podem concluir seus esquemas a partir deste mês. O balanço de faltosos inclui ainda 915 mil que precisam receber a segunda dose da Coronavac e 1 milhão da AstraZeneca.

As prefeituras também poderão aplicar a dose adicional em idosos e profissionais de saúde que tomaram a segunda dose até abril e já estão aptos a receber o reforço – aplicado após seis meses da conclusão do esquema vacinal.

Atuação do Município

A Prefeitura de São Paulo realiza neste sábado (16/10), o Dia V de Multivacinação. O objetivo da ação é atualizar situação vacinal e diminuir a incidência de doenças como difteria, coqueluche, poliomielite, sarampo e meningite na população de 0 a 15 anos.

É válido destacar que no caso de adolescentes acima de 12 anos que receberam a vacina da Pfizer contra a Covid-19 não é necessário aguardar o intervalo de 14 dias para participar da campanha de multivacinação.

Os pais ou acompanhante devem levar, além da caderneta de vacinação, documento com foto de ambos. Caso o cidadão não esteja com sua caderneta, basta apresentar os documentos. Com isso, sua situação vacinal será atualizada.

A vacinação contra Covid-19 neste segue normalmente nos mega postos e farmácias parceiras, bem como nos drive-thrus. Por conta da pandemia, será permitido apenas um familiar acompanhando a criança ou adolescente a ser imunizado.

Estão aptos para receber a dose de reforço os idosos com mais de 60 anos e profissionais de saúde com mais de 18 anos que concluíram o esquema vacinal com a segunda dose ou dose única há pelo menos seis meses.

Também podem receber a dose adicional as pessoas com mais de 18 anos que tenham alto grau de imunossupressão, desde que tenham recebido a última dose de seu esquema vacinal regular há pelo menos 28 dias.

No domingo (17/10), funcionam o mega postos localizado na galeria Prestes Maia, no centro, seis parques, das 8h às 17h, para primeiras e segundas doses, além de duas unidades de farmácias parceiras, nos números 2.371 e 266 da avenida Paulista, onde também serão realizadas ações educativas contra a Covid-19.

Mais informações e a lista dos postos de vacinação podem ser encontradas no site Vacina Sampa.

Mais sobre o novo coronavírus 1

De acordo com o boletim diário mais recente publicado pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo sobre a pandemia do novo coronavírus, até esta quinta (14/10), a capital paulista totalizava 38.519 vítimas da Covid-19. Havia, ainda, 1.530.733 casos confirmados de infecções pelo novo coronavírus.

Abaixo, gráfico detalhado sobre os índices da Covid-19 na cidade de São Paulo.

Prefeitura de SP

Em relação ao sistema público de saúde, os dados mais recentes mostram que a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados ao atendimento de pacientes com Covid-19 na região metropolitana de São Paulo, nesta sexta (15/10), é de 35,9%.

Já nesta quinta (14/10), o índice de isolamento social na cidade de São Paulo foi de 38%. A medida é considerada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e autoridades sanitárias a principal forma de contenção da pandemia do novo coronavírus.

A aferição do isolamento é feita pelo Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo, que utiliza dados fornecidos por empresas de telefonia para medir o deslocamento da população e a adesão às medidas estabelecidas pela quarentena no Estado.

Mais sobre o novo coronavírus 2

O Ministério da Saúde anunciou na noite desta quinta-feira (14) que o Brasil alcançou a marca de 150 milhões de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19. Ao todo, foram aplicadas 150.179.756 doses, de acordo com o balanço mais recente da pasta.

O número representa cerca de 93% dos 160 milhões de brasileiros que fazem parte do público-alvo da campanha, a partir dos 12 anos de idade. Já o ciclo vacinal completo com duas doses ou dose única da vacina da Janssen está se aproximando de 62% do público-alvo, segundo a pasta. São 100.632.085 doses aplicadas até agora.

Somando primeira e segunda doses, além da dose única, foram aplicadas, até agora, um total de 250.811.841 vacinas. O Ministério da Saúde informa ainda que 310.498.347 doses já foram distribuídas aos Estados.

Mais sobre o novo coronavírus 3

Um carregamento com 3,2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer chegou nesta sexta (15/10) no Aeroporto Viracopos em Campinas, São Paulo. Ontem (14/10), o laboratório norte-americano já havia feito a entrega de 912,6 mil doses. A previsão é de que até o próximo domingo (17/10), desembarquem no Brasil mais 10 milhões de doses do imunizante.

Os lotes fazem parte do contrato assinado com o Ministério da Saúde para fornecimento de 100 milhões de doses da vacina até dezembro. A farmacêutica já fez a entrega de 100 milhões de doses previstas no primeiro termo assinado com o governo brasileiro.

O Ministério da Saúde já distribuiu 310,5 milhões de doses de vacinas contra o novo coronavírus de quatro laboratórios para serem aplicadas em todo o país. Ontem, o Brasil atingiu a marca de 100 milhões de pessoas completamente imunizadas contra a Covid-19 com duas doses ou dose única.

*Ouça aqui a versão podcast do boletim Coronavírus desta sexta-feira

*Este conteúdo e outros conteúdos especiais podem ser conferidos no hotsite Coronavírus

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também