Distribuição gratuita de absorventes representa conquista importante para cidade

IARA SILVA
HOME OFFICE

Sancionada pelo Poder Executivo em julho, a distribuição gratuita de absorventes higiênicos tem garantido o direito importante de dignidade menstrual sem constrangimentos para alunas matriculadas na Rede Municipal de Ensino da cidade de São Paulo.

A diretora da Escola Municipal Celso Leite Ribeiro Filho, Rosimeire de Oliveira viu a nova lei com bons olhos. “[É] uma coisa que a gente já tinha sentido necessidade e implementado uma política de colaboração com a comunidade. Agora veio de forma oficial, então foi muito positivo”, declarou Rosimeire, que explicou também o processo de evolução dentro do ambiente escolar. “As meninas não se sentem mais constrangidas, se sentem acolhidas e começam a ver com naturalidade. A questão dos meninos em relação a elas, ficou normalizada, não há nenhum tipo de constrangimento”, explicou a diretora.

Beneficiadas pela distribuição, os estudantes também elogiam a iniciativa. “Achei importante, porque tem garotas que a primeira menstruação é na escola, então passar uma vergonha na frente dos colegas, não tendo na escola seria diferente, ‘né’? A minha primeira vez foi na escola e já tinha [absorventes], mas agora que tem mais é legal”, disse a estudante Vitória Luana da Silva. “Achei super importante, porque tem meninas que não tem condição de comprar. Absorvente é bem caro”, completou a aluna Gabriele Alves Pedrosa.

Confira a reportagem feita pela Teresa Morrone para a TV Câmara:

Veja também