Covid-19: Prefeitura inicia imunização adicional em trabalhadores da Educação

KAMILA MARINHO
HOME OFFICE

A cidade de São Paulo inicia na próxima terça-feira (16/11) a aplicação de dose adicional com imunizante da Pfizer para professores e profissionais de educação de escolas municipais, estaduais e particulares com idades entre 40 e 59 anos.

Para receber a vacina é necessário um intervalo de seis meses entre a segunda dose e a dose adicional. Em 22 de novembro será a vez dos profissionais com idades entre 18 e 39 anos. Para receber a dose, basta comparecer em um posto de vacinação com o documento que comprove o vínculo empregatício na rede de ensino.

A Prefeitura recomenda à população que acompanhe a disponibilidade de segundas doses dos imunizantes por meio da plataforma De Olho na Fila. A lista completa de postos pode ser encontrada na página Vacina Sampa.

Mais sobre o novo coronavírus 1

O Estado de São Paulo registra nesta quinta (11/11) menos de três mil pessoas internadas pela Covid-19, sendo 2.948 pacientes, somando 1.287 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 1.652 em leitos de enfermaria. Os números são os menores desde abril de 2020, início da pandemia.

O número total de internados é dez vezes menor que o registrado no pico da segunda onda, que chegou a ultrapassar 31 mil pacientes com a doença. As taxas de ocupação dos leitos de UTI também estão entre as menores da história da pandemia, com 23,7% no Estado e 29,9% na Grande São Paulo.

No decorrer da pandemia, até o momento, houve 4.417.592 casos, dos quais 4.246.733 já estão recuperados, incluindo 456.733 que foram internados e receberam alta hospitalar. Houve também 152.539 óbitos. O detalhamento dos dados da pandemia está disponível no site www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Mais sobre o novo coronavírus 2

De acordo com o boletim diário mais recente publicado pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo sobre a pandemia do novo coronavírus, até esta quinta (11/11), a capital paulista totalizava 38.919 vítimas da Covid-19. Havia, ainda, 1.538.743 casos confirmados de infecções pelo novo coronavírus.

Abaixo, gráfico detalhado sobre os índices da Covid-19 na cidade de São Paulo.

Prefeitura de SP

Em relação ao sistema público de saúde, os dados mais recentes mostram que a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados ao atendimento de pacientes com Covid-19 na região metropolitana de São Paulo, nesta sexta-feira (12/11), é de 29,9%.

Nesta quarta (11/11), o índice de isolamento social na cidade de São Paulo foi de 38%. A medida é considerada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e autoridades sanitárias a principal forma de contenção da pandemia do novo coronavírus.

A aferição do isolamento é feita pelo Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo, que utiliza dados fornecidos por empresas de telefonia para medir o deslocamento da população e a adesão às medidas estabelecidas pela quarentena no Estado.

Atuação do município

A Secretaria Municipal da Saúde informa que, em razão do feriado da Proclamação da República, na próxima segunda-feira (15/11), algumas unidades na capital paulista terão funcionamento alterado.

Durante o feriado, a secretaria segue com a vacinação contra a Covid-19 na capital. No sábado (13/11), a imunização ocorre nos mega postos, drive-thrus, farmácias parceiras, UBSs e AMAs/UBSs Integradas.

No domingo (14/11), a população pode procurar as farmácias parceiras na avenida Paulista e os postos montados nos parques. Na segunda-feira (15/11), a vacinação acontece somente nas AMAs/UBSs Integradas e mega postos.

*Ouça aqui a versão podcast do boletim Coronavírus desta sexta-feira

*Este conteúdo e outros conteúdos especiais podem ser conferidos no hotsite Coronavírus

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também