Câmara vai recorrer ao TJ contra prazo de cinco dias para desocupação do Plenário

DA ASSESSORIA DE IMPRENSA

A Presidência da Câmara Municipal de São Paulo informa que a Procuradoria da Casa vai recorrer ao TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) contra a decisão da 13ª Vara da Fazenda Pública.

Na tarde desta quinta-feira (10), a Justiça concedeu liminar dando prazo de cinco dias para a desocupação do Plenário.

A Câmara discorda do prazo de cinco dias, pois entende que a ocupação prejudica o andamento dos trabalhos do Parlamento.

3 Comments

jose1968

Orá a camará diz que a ocupação pacifica de um local do povo onde em tese leis e atos para favorecer o povo deveriam ser propostos. Agora contra atos absurdos do Sr. Prefeito isso ninguém lá se manifesta.. essa a a politica do nosso Brasil.

jose1968

Assim esta ruim é dizem ser democracia ? protestar nas ruas leva se bala de borracha é pauladas das forças de segurança. Protestar pacificamente em um local do povo também não pode.. Bom talvez as redes sociais silenciosas tenham muito mais força do que qualquer ato físico.. nos povo devíamos pensar melhor principalmente a mobilização virtual em epoca de eleições .

jose1968

Assim esta ruim é dizem ser democracia ? protestar nas ruas leva se bala de borracha é pauladas das forças de segurança. Protestar pacificamente em um local do povo também não pode.. Bom talvez as redes sociais silenciosas tenham muito mais força do que qualquer ato físico.. nos povo devíamos pensar melhor principalmente a mobilização virtual em epoca de eleições .

Comentários estão fechados

Veja também