Câmara de SP vota prorrogação da renda básica emergencial no dia 11

DA ASSESSORIA DE IMPRENSA

No mesmo dia em que o prefeito Bruno Covas (PSDB) enviou à Câmara Municipal o projeto de lei para prorrogação da renda básica emergencial, nesta quinta-feira (4/2), o presidente do Legislativo, Milton Leite (DEM), definiu o cronograma de votação do texto. Leite marcou a apreciação do PL em primeiro turno para a próxima quinta-feira (11/2), a partir das 15h.

“O projeto que prorroga o auxílio será o primeiro a ser votado nesta Legislatura. Isto é simbólico porque reforça toda a intenção da Câmara em trabalhar com rapidez pelas prioridades do nosso povo e da nossa cidade”, afirma Leite.

Antes da votação, a Câmara trabalha na composição das comissões permanentes do Legislativo. Ainda segundo o cronograma, o prazo para que os líderes de bancadas indiquem os membros das comissões terminará no dia 9/2, às 19h.

Depois, no dia 11/2, a partir das 11h, as comissões elegerão os seus presidentes e vice-presidentes. Em seguida, no período da tarde, a Câmara aprecia em primeiro turno o PL da renda básica emergencial.

Sobre o PL

O prefeito já enviou à Câmara o projeto de Lei que autoriza a concessão e o pagamento por mais três meses da renda básica emergencial no município de São Paulo, a fim de reduzir os efeitos da pandemia causada pelo novo coronavírus. A Lei nº 17.504 foi aprovada em novembro de 2020 e, caso seja prorrogada, beneficiará 1.287 milhão de pessoas com investimento de R$ 420 milhões feitos pela Prefeitura de São Paulo.

3 Contribuições

Giancarlo Pozzani Imperatori

Existe uma data já definida para a votação em segundo turno da PL da renda basica emergêncial proposta por Bruno Covas?

Responder

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também