Anvisa anuncia identificação preliminar de dois casos da variante Ômicron no país

IARA SILVA
HOME OFFICE

Na tarde desta segunda-feira (30/11), a Anvisa anunciou a identificação preliminar de dois casos da variante Ômicron no Brasil. Agora a agência enviará amostras para uma análise laboratorial confirmatória.

De acordo com as informações divulgadas, os dois casos são de um passageiro vindo da África do Sul que desembarcou em Guarulhos no dia 23/11, e sua esposa, que pretendia voltar ao país africano ao lado do marido.

O material coletado dos dois passageiros foi enviado ao Instituto Adolfo Lutz para os procedimentos de confirmação necessários. O Ministério da Saúde fará o monitoramento dos casos.

Em seu comunicado, a Anvisa ressaltou que a entrada do passageiro aconteceu antes do anúncio mundial de identificação da nova variante em 24 de novembro e antes também da Portaria Interministerial de 27 de novembro que proibiu, em caráter temporário, voos com destino ao Brasil com origem ou passagem pela África do Sul.

Considerada como uma “variante de preocupação” pela OMS (Organização Mundial de Saúde), a Ômicron já foi identificada em ao menos 12 países. Ainda não é possível afirmar se ela é mais transmissível ou mais letal que outras mutações do novo coronavírus.

Mais sobre o novo coronavírus 1

De acordo com o boletim diário mais recente publicado pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo sobre a pandemia do novo coronavírus, até esta terça-feira (30/11), a capital paulista totalizava 39.241 vítimas da Covid-19. Havia, ainda, 1.550.551 casos confirmados de infecções pelo novo coronavírus.

Abaixo, gráfico detalhado sobre os índices da Covid-19 na cidade de São Paulo.

Prefeitura de SP

Em relação ao sistema público de saúde, os dados mais recentes mostram que a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados ao atendimento de pacientes com Covid-19 na região metropolitana de São Paulo, nesta terça (30/11), é de 27%.

Já na segunda (29/11), o índice de isolamento social na cidade de São Paulo foi de 37%. A medida é considerada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e autoridades sanitárias a principal forma de contenção da pandemia do novo coronavírus.

A aferição do isolamento é feita pelo Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo, que utiliza dados fornecidos por empresas de telefonia para medir o deslocamento da população e a adesão às medidas estabelecidas pela quarentena no Estado.

Atuação do município 1

A cidade de São Paulo iniciou, nesta terça-feira (30/11), a aplicação da vacina da Pfizer como segunda dose para quem foi vacinado com o imunizante da Janssen. A Prefeitura anunciou a medida nesta segunda-feira (29/11) como alternativa para a falta de imunizantes da Janssen que não foram enviados pelo Ministério da Saúde, seguindo documento técnico do Governo do Estado que permite o uso da vacina da Pfizer na ausência de doses da Janssen.

A descoberta da variante Ômicron também foi um dos motivos para a capital paulista optar por acelerar a aplicação do reforço na população.

Outro anúncio feito nesta segunda é de que, com o alto índice de imunização para primeira e segunda doses na capital, a Prefeitura deixará de exigir comprovante de endereço para quem tomar qualquer uma das doses na rede municipal de saúde.

Atuação do município 2

Adolescentes de 12 a 17 anos na cidade de São Paulo podem receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19 sozinhos desde que tenham uma autorização assinada pelos responsáveis.

A autorização apresentada deve seguir um modelo disponibilizado na página Vacina Sampa. A vacinação ocorre nas 469 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), nas 82 Assistências Médicas Ambulatoriais integradas com UBSs, nos mega postos, em drive-thrus e em farmácias parceiras.

Além da autorização, é preciso apresentar um documento de identificação, preferencialmente CPF e cartão SUS, comprovante de residência no município de São Paulo e, para a segunda dose ou dose adicional, o cartão de imunização contra Covid-19.

Acesse o site De Olho na Fila para ter acesso aos endereços de postos de vacinação, disponibilidade das vacinas e movimento das filas.

 

*Ouça aqui a versão podcast do boletim Coronavírus desta terça-feira

*Este conteúdo e outros conteúdos especiais podem ser conferidos no hotsite Coronavírus

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também