Gestor do contrato “156” afirma que serviço deixa a desejar à população de São Paulo

Margarete Rapussi

Quarta, 04 Junho 2014 17:20


Gestor do contrato “156” afirma que serviço deixa a desejar by Web Radio Câmara SP

A Comissão de Estudos Call Center e “156” que está investigando os contratos firmados pela Prefeitura de São Paulo com a empresa Call Tecnologia e Serviços Ltda ouviu o chefe de gabinete da Secretaria Executiva de Comunicação, José Jacinto de Amaral.

Ele afirmou que não há pessoal qualificado para realizar este tipo de trabalho. Para o chefe de comunicação, falta feedback ao cidadão paulistano que dificilmente obtém retorno quando buscam informações ao serviço “156”.

Para o presidente da Comissão, vereador Adilson Amadeu (PTB), essa observação de José Jacinto de Amaral retrata a péssima qualidade do serviço prestado pela empresa Call Tecnologia e Serviços Ltda

O gestor do serviço “156” também não soube responder o aumento do valor do contrato de R$ 30 milhões para R$ 82 milhões.

Adilson Amadeu afirma que as informações prestadas até agora à comissão são infundadas.

A próxima reunião da Comissão de Estudos Call Center e “156” está agendada para a próxima quarta-feira, dia 11 de junho no Palácio Anchieta.

Uma Contribuição

eunice

Discordo desse comentário que não há pessoas qualificadas no atendimento. A maioria dos funcionários são universitários que não conseguiram se estabelecer no mercado de trabalho devido a exigência que os empresários fazem para assumir um cargo digno em cada área.Na empresa Call trabalha advogados, veterinários, enfermeiros, profissionais de ti ,professores,psicólogos, contador todos no atendimento aos munícipes ,que muitos desconfiam achando que é coisa de bandido chegando a ofender quem precisa ganhar o pão de cada dia .

Responder

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também