Fale com seu vereador

  • Telefone: (0xx11) 3396-4254
  • FAX: (0xx11) 3396-3989
  • E-mail: joãojorge@saopaulo.sp.leg.br
  • Endereço para correspondência:  Câmara Municipal de São Paulo - Palácio Anchieta - Viaduto Jacareí, 100 - CEP 01319-900
  • Andar:
  • Sala: 307

Biografia

Atualmente preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Vereadores




João Jorge foi eleito vereador de São Paulo em 2016, com 42.404 votos. Atualmente, preside a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de São Paulo. No início de 2018, tornou-se líder do governo, na Câmara, do então prefeito, João Doria. Paralelamente, João Jorge atuou como presidente do PSDB na capital.

Na Câmara, defendeu com sucesso os projetos da gestão Doria — como o programa de concessões de equipamentos públicos, ainda em prática — e continuou líder do governo após Bruno Covas assumir a Prefeitura.

Em 2017, João Jorge criou o Projeto de Lei que estabeleceu critérios para a implementação de ciclovias e ciclofaixas em São Paulo.

Em dezembro de 2018, João Jorge negociou com sucesso na Câmara a aprovação da Reforma da Previdência dos servidores municipais, o que reduz o déficit previdenciário no município e economizou, somente este ano, R$ 406 milhões dos cofres públicos.

Nomeado secretário-chefe da Casa Civil da Prefeitura, João Jorge colaborou com a elaboração do Programa de Metas da gestão Covas, que alocou R$ 15,3 bilhões em 36 objetivos estratégicos e 71 metas em todas as áreas da administração de São Paulo.

A mobilidade urbana, a principal causa defendida pelo vereador João Jorge, também é contemplada pelo Programa de Metas, que investe R$ 550 milhões no recapeamento de vias. João Jorge atua ativamente no programa Asfalto Novo desde 2017, quando elaborou uma lista das vias que mais precisavam de reparos.

O vereador organizou sua equipe para catalogar as ruas e avenidas mais prejudicadas, estabelecendo contato direto com a população para oferecer ao então prefeito, João Doria, uma lista com as vias a serem priorizadas.

João Jorge trabalhou nos governos de José Serra, na recuperação de estradas vicinais no interior do Estado, e Geraldo Alckmin, na Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e na Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).