São Paulo possui uma estrutura – composta por postos volantes, farmácias, mega postos no sistema drive-thru e drive-thrus anexos às Unidades Básicas de Saúde – para realizar a campanha de vacinação contra o novo coronavírus. Confira os endereços:

Recomendação

A Secretaria Municipal de Saúde recomenda que todos busquem a vacina de maneira gradual, evitando aglomerações nos postos da capital e preenchendo o pré-cadastro no site Vacina Já para agilizar em até 90% o tempo de atendimento para imunização.

Na plataforma “De Olho na Fila”, chamada também de “Filômetro”, é possível acompanhar, de forma on-line, o movimento nos postos de vacinação.

CONFIRA DOCUMENTOS E OUTRAS RECOMENDAÇÕES ANTES DE SE VACINAR CONTRA A COVID-19

Além de continuar com os cuidados sanitários, cada brasileiro deve se preparar para quando chegar a data de vacinação do grupo ao qual pertence. Para isso, o Ministério da Saúde recomenda ter em mãos ou o número do CPF ou o Cartão Nacional de Saúde (CNS), também conhecido como Cartão SUS. A iniciativa permitirá ao Ministério da Saúde controlar a aplicação das doses.

O Cartão SUS reúne em um único lugar todo o histórico de um paciente na rede pública de saúde e para emiti-lo, basta o cidadão ir até a unidade de saúde mais próxima ou à Secretaria de Saúde Municipal, com RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento e, caso tenha, número PIS/PASEP.

A segunda via do documento pode ser obtida seguindo o mesmo procedimento ou pelo sistema SUS Online.

Todas as informações das pessoas vacinadas serão disponibilizadas no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), plataforma que vai conter o local de vacinação, o número de CPF ou do Cartão SUS, a data de nascimento, data da vacinação, nome da vacina e do fabricante, assim como tipo de dose, número de lote e validade do imunizante.

É necessário ressaltar que ninguém deixará de receber a vacina, mas a apresentação da documentação listada pelo Ministério da Saúde irá contribuir para que todos sejam imunizados e o plano implementado com eficácia.

Pré-cadastro em SP

Lançado pelo Governo do Estado de São Paulo em 17 de janeiro, o site Vacina Já é um sistema de pré-cadastro para vacinação contra a Covid-19, que visa garantir um atendimento mais rápido nos locais de vacinação e evitar a formação de aglomerações. O fornecimento das informações é opcional, ou seja, não é um pré-requisito para que a imunização aconteça.

Caso não consiga realizar o pré-cadastro, o indivíduo apto a receber a vacina terá apenas que fazer o cadastro completo na unidade de vacinação.

Comprovante de endereço

É preciso lembrar também que, para aplicação da primeira dose, a Secretaria Municipal de Saúde exige desde o dia 28 de maio a apresentação do comprovante de residência, além dos documentos pessoais, de preferência CPF e cartão do SUS.

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil (RG, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável).

Notícias relacionadas

Capital paulista recebe novo lote da Pfizer para vacinar crianças contra Covid-19

TERESA MORRONE HOME OFFICE A Secretaria Municipal da Saúde recebeu, na manhã desta terça-feira (18/1), um novo lote de 74.730 doses de Pfizer pediátrica para dar continuidade à vacinação contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos, com comorbidades, deficiências permanentes e indígenas aldeadas. O primeiro lote que chegou à capital na última sexta-feira… Ler mais »

Conheça as principais diferenças entre as vacinas contra a Covid-19 para adultos e crianças

IARA SILVA HOME OFFICE As vacinas pediátricas contra a Covid-19 já estão sendo aplicadas em crianças de todo o Brasil. Na cidade de São Paulo, por exemplo, 6.663 crianças de 5 a 11 anos foram vacinadas na última segunda-feira (17/1), quando a campanha foi iniciada. Este número deve crescer nos próximos dias, já que a… Ler mais »

Covid-19: Capital começa campanha infantil e anuncia doses remanescentes para crianças sem comorbidades

IARA SILVA HOME OFFICE Iniciada na sexta-feira (14/1) em um ato simbólico pelo Governo do Estado, a campanha infantil de vacinação contra a Covid-19 na cidade de São Paulo está focando, nesta primeira fase, em crianças com comorbidades, deficiências e indígenas aldeadas. Nesta segunda (17/1), primeiro dia oficial da campanha, a Prefeitura anunciou que as… Ler mais »

SP começa a vacinar crianças e cidade amplia atendimento contra Covid-19

IARA SILVA HOME OFFICE O Estado de São Paulo iniciou nesta sexta-feira (14/1) a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. Davi Seremramiwe Xavante, um garoto indígena com 8 anos de idade, foi a primeira criança vacinada no Estado e também no Brasil. A campanha de imunização infantil foi iniciada logo… Ler mais »

São Paulo inicia pré-cadastro para vacinação contra Covid-19  em crianças de 5 a 11 anos

DA REDAÇÃO O governo do Estado de São Paulo anunciou em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (12/1) a abertura de pré-cadastro para vacinação contra a Covid-19 em crianças com idade entre 5 e 11 anos. Confira mais no boletim de Carol Flores: [embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=HP3JYZrVZ-s[/embedyt]

Covid-19: Quando e qual vacina devo tomar na dose de reforço

CAROL FLORES HOME OFFICE No início de dezembro, o Governo de São Paulo reduziu de cinco para quatro meses o intervalo da dose adicional, também conhecida como terceira dose, no combate à Covid-19. A medida faz parte das recomendações do Comitê Científico do Coronavírus do Estado de São Paulo. Segundo o Governo, os imunizantes disponíveis… Ler mais »

Estado de SP pede liberação imediata de doses da Pfizer para vacinação de crianças

IARA SILVA HOME OFFICE Nesta quinta-feira (16/12), a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo solicitou ao Ministério da Saúde a liberação imediata de doses de Pfizer para vacinação contra Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos. O imunizante foi aprovado para uso desta faixa etária pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)… Ler mais »

Anvisa aprova vacina Pfizer contra Covid-19 para crianças entre 5 e 11 anos

IARA SILVA HOME OFFICE Nesta quinta-feira (16/12), a Anvisa (Agência Nacional Vigilância Sanitária) aprovou a indicação da vacina Pfizer contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos de idade. Com a aprovação, o início da imunização desta faixa etária fica sujeito à chegada do imunizante aos postos de acordo com o calendário do Programa… Ler mais »

Mais de 95% dos adultos no Estado de SP já está completamente vacinados

IARA SILVA HOME OFFICE Nesta semana, o Estado de São Paulo ultrapassou a marca de 95% dos maiores de 18 anos com esquema vacinal completo contra a Covid-19. No total, até as 18h15 desta terça (14/12), foram aplicadas 81.531.716 doses, entre primeiras, segundas e doses adicionais. São Paulo é o Estado é o que mais… Ler mais »

Comprovante de vacinação passa a ser exigido para todos que entrarem no Brasil

IARA SILVA HOME OFFICE Em nota oficial divulgada na tarde desta segunda-feira (13/12), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou que está notificando todos os postos de fronteira, especialmente aeroportos, para a exigência imediata de comprovante de vacinação para viajantes (brasileiros ou não) que entrarem no país. A decisão atende o que foi determinado… Ler mais »