Políticas Públicas de Leitura e Participação Social na Cidade de São Paulo

A Escola do Parlamento e a Biblioo informam que, por motivos alheios a nossa vontade, a realização do Seminário que aconteceria nesta próxima quarta-feira, dia 08 de dezembro de 2021 está suspensa. Em breve, comunicaremos a todos uma nova data.

***

Lançamento do Livro: Política Pública de Leitura e Participação Social: o Processo de construção do PMLLLB de São Paulo, com autoria de Ricardo Queiroz

Justificativa

A compreensão dos direitos culturais como parte constitutiva dos direitos humanos resultou de um conjunto de disputas históricas em torno do alargamento da noção de cidadania na modernidade.

Mesmo que essa compreensão tenha se definido como hegemônica nos textos legais e que tenha alcançado forte penetração nas universidades e em setores da burocracia estatal, a conexão entre essa visão de mundo e a formulação e implementação de políticas públicas de cultura ainda é um caminho bastante desafiador.

Quando pensamos no compromisso ético e político de garantir, por exemplo o exercício pleno do direito humano à leitura, em suas diferentes dimensões, nos enfrentamos com uma história de ações e proposições do Estado Brasileiro caracterizadas por uma forte fragmentação e também por uma posição quase sempre subalterna na agenda política dos governos.

A partir do último quartel do século XX, entretanto, ancorada na luta histórica de militantes, ativistas e intelectuais do campo, a sociedade brasileira deu alguns passos significativos para fortalecer essa agenda. A formulação de Planos Municipais e Estaduais vocacionados para a área do livro e da leitura são um capítulo importante nessa história.

Na cidade de São Paulo, esse processo ganhou maior consistência no período de 2013 a 2016, quando foram construídas as condições institucionais para a aprovação do Plano Municipal do Livro, da Leitura, da Literatura e da Biblioteca.

O livro de Ricardo Queiroz, fruto de sua dissertação de mestrado defendida na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, analisa esse processo, buscando compreender as tensões e oportunidades que marcaram a história da construção e da aprovação do Plano dentro do Poder Legislativo e em diálogo com a Sociedade Civil.

A Escola do Parlamento e a Biblioo – Cultura Informacional, reconhecendo a relevância do tema para o debate público, propõem este seminário para discutir as principais conclusões da pesquisa do autor.

Objetivo

Espera-se que o seminário oportunize aos participantes possam a possibilidade de identificar, analisar, compreender e discutir as dinâmicas sociais e políticas que permitiram a construção do Plano Municipal do Livro, da Leitura, da Literatura e da Biblioteca, com especial atenção à questão da participação social no processo.

Encontro único, dia 08/12, quarta feira, das 17h às 19h

Inscrições: suspensas

Programação

17h às 17h10 – Abertura, saudação inicial e apresentação do livro.

Palestrantes

  • Alexsandro Santos (Escola do Parlamento)
  • Francisco de Paula (UFF/ Biblioo)

17h10 às 17h30 – Exposição dialogada da pesquisa que deu origem ao livro e de suas principais conclusões

Palestrantes

  • Ricardo Queiroz (UFABC/Biblioteca Monteiro Lobato)
  • Mediador: Francisco de Paula (UFF/ Biblioo)

17h30 às 18h45 – Painel Temático: Políticas Públicas do Livro, da Leitura e da Biblioteca e o PMLLLB da Cidade de São Paulo

Palestrantes

  • Aline Torres, Secretária Municipal de Cultura da Cidade de São Paulo
  • José Castilho Marques Neto, Ex-Secretário Executivo do Plano Nacional do Livro e da Leitura, consultor da Cerlalc para políticas públicas de leitura.
  • Marco Antonio de Almeida, Professor da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, orientador do da pesquisa.
  • Antonio Donato Madormo, vereador da Câmara Municipal de São Paulo, pelo Partido dos Trabalhadores, liderou a aprovação do PMLLLB/SP

18h45 às 19h00 – Encerramento

Palestrantes

  • Alexsandro Santos (Escola do Parlamento)
  • Ricardo Queiroz (UFABC/Biblioteca Monteiro Lobato)
  • Francisco de Paula (UFF/ Biblioo)