Linguagem Simples e Poder Público: como democratizar o acesso à informação?

Diretor Responsável: Gustavo Costa Dias

A linguagem simples facilita a relação entre o poder público e a população. Torna a comunicação acessível por meio do uso de termos mais amigáveis e comuns, além de reduzir o uso de elementos linguísticos que dificultam a leitura, mesmo de pessoas com alta escolaridade.

E São Paulo tem registrado iniciativas nesse sentido. O Executivo Municipal instituiu o Programa Municipal de Linguagem Simples, por meio do Decreto n. 59.067 de 11 de novembro de 2019.  Já o Legislativo Municipal está em vias de instituir a Politica Municipal de Linguagem Simples nos órgãos da administração pública direta e indireta na cidade de São Paulo.

Tais iniciativas propõem que o setor público passe a elaborar textos mais fáceis de ler, seguindo um movimento bem-sucedido em pelo menos 11 países – os governos internacionais seguem a técnica de comunicação Plain Language (em português, Linguagem Simples), que compreende uma série de diretrizes de escrita, estrutura da informação e design.

Objetivos: O seminário vai propor reflexões sobre a importância do setor público usar as diretrizes de linguagem simples para promover a igualdade e a cidadania. Também será discutido o potencial desta técnica como estratégia redacional para elaborar proposições legislativas.

Público Alvo: Cidadãos e Servidores Públicos com interesse no tema, estudiosos e especialistas em Linguagem Simples.

Vagas: 90

Carga horária: 3 horas

30 de março – das 14h às 17h30 – Sala Sérgio Vieira de Mello

INSCRIÇÕES: SUSPENSAS

Programação:

Data/Hora

Sala Palestrante Tema

30/03

14h-15h30

Sérgio Vieira de Mello

Ver. Eduardo Tuma Presidente da Câmara Municipal de São Paulo (a confirmar)

Juan Quirós  Secretário Municipal de Inovação e Tecnologia da Prefeitura de SP          

Ver. Daniel Annenberg          Autor do PL 226/2019 (02/04/2019).

Drª Maria Nazaré Lins Barbosa
Procuradora Chefe da Câmara Municipal da São Paulo

Gustavo Costa Dias Diretor Acadêmico da Escola do Parlamento

Heloisa Fischer – Especialista em aplicação da Linguagem Simples na Administração Pública

 

Mesa de Abertura

Contextualização geral sobre o Programa Municipal de Linguagem Simples, Decreto n° 59.067 de 11 de novembro de 2019 e o  PL 226/2019 que pretende instituir a Política Municipal de Linguagem Clara nos Órgãos da Administração Direta e Indireta do Município de São Paulo.

30/03

15h30-17h

Sérgio Vieira de Mello (011) lab – laboratório da inovação da Prefeitura para pensar, criar e experimentar soluções para problemas de interesse público

 

Oficina aberta com o 011Lab

  • apresentação de diretrizes de redação que garantam uma linguagem simples;
  • exercício de análise de textos governamentais, identificação de problemas e formulação de sugestões para melhorias de acordo com as diretrizes de linguagem simples.