Opinião: A importância estratégica do vereador

VEREADOR FERNANDO HOLIDAY (DEM)

O que faz um vereador? Ele é mesmo importante? Sim, esta é uma questão de extrema importância. Quando disputei uma das cinquenta e cinco cadeiras da Câmara Municipal, minha decisão causou certa estranheza. Muitos estavam habituados com minha atuação no debate público nacional e entendiam que a cadeira de vereador não é tão importante quanto a de um deputado ou senador. Outros temiam desgaste, uma vez que o que se espera do jovem é o imediatismo, e no Legislativo municipal o vereador representa apenas um voto.

Como respondi aos céticos à época, seu engano não poderia ser maior. O vereador é o agente público eleito que está mais próximo da população. Suas decisões afetam o dia-a-dia dos cidadãos tanto quanto aquelas que são decididas na Assembleia Legislativa como no Congresso Nacional.

Sim, o parlamentar representa apenas um voto no Legislativo, mas isso em nada diminui sua efetividade. Desde cedo aprendi que isso se resolve por meio do diálogo. Evidente que os problemas de décadas não serão resolvidos em uma legislatura, no entanto, é por meio do embate de ideias que podemos encontrar soluções para a cidade.

O vereador pode fazer toda a diferença na vida de um munícipe com decisões sobre o orçamento municipal, a formulação de políticas públicas no âmbito do município, diretrizes para o orçamento ou para as diversas regulamentações. Isto afeta diretamente a vida de quem trabalha, vive ou estuda na cidade. Uma decisão da Câmara pode afetar diretamente a atividade econômica, o cotidiano e os direitos de seus munícipes.  Isso por si só já destaca a importância estratégica do vereador.

 

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também