Eduardo Tuma assume secretaria da Casa Civil

Leon Rodrigues/Secom

Eduardo Tuma assume a Secretaria da Casa Civil da Prefeitura de São Paulo

LUCIANO TEIXEIRA
DA TV CÂMARA

O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (9/4) mudanças em cinco secretarias e duas autarquias do governo municipal. Na Secretaria da Casa Civil assume o primeiro vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Eduardo Tuma, do PSDB.

“Queremos promover ainda uma maior harmonia entre o Executivo e o Legislativo e fazer essa interlocução entre a gestão Covas e a Câmara Municipal. Logicamente com o plano de metas que foi o programa de campanha. É nesse sentido que nós vamos trabalhar, principalmente no Plano [Municipal] de Desestatização e nas privatizações, apregoados pelas gestões Doria e Covas”.

Na Secretaria de Infraestrutura e Obras entra Victor Aly. Na de Transportes, João Octaviano. Na secretaria de Justiça, Rubens Rizek Júnior. Na Secretaria das Prefeituras Regionais, Marcos Penido. Duas autarquias também terão novos nomes: na SP Obras entra Maurício Brum. Na CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), Milton Persoli. Ele terá a missão de dar continuidade à licitação dos ônibus de São Paulo parada desde 2013.

Na Câmara Municipal, o principal desafio de Bruno Covas em seu mandato será aprovar a Reforma da Previdência. “A questão da previdência é bastante pontual e encontra hoje na Câmara uma Comissão em funcionamento com prazo para o término. Não é prudente adiantar esse assunto antes do término do trabalho dessa Comissão que tem 120 dias para sua conclusão”, explica Eduardo Tuma, que será o principal articulador do novo prefeito. A promessa é continuar o trabalho de João Doria, que deixou a Prefeitura na sexta-feira para concorrer ao governo do Estado pelo PSDB.

“Mudou o prefeito, mas não muda a rota. Imagina o secretariado. Se o prefeito tem o compromisso de ter as mesmas metas, as mesmas ações, os mesmos programas (…) porque que a mudança de secretariado representa algo contrário? Eles assumem sabendo da responsabilidade de implementar as políticas, as ações, as metas que foram discutidas com a população na campanha de 2016 e que foram referendadas no Plano de Metas discutido com a Câmara”, disse.

Na Câmara, quem assume no lugar de Eduardo Tuma é Quito Formiga, do PSDB.

 

Veja também