CPI analisará casos específicos de compensação ambiental

2016-02-06-CPI PMPROMISSO AMBIENTAL-LUIZ FRANCA-05380-300ABRE

Reunião da CPI do Compromisso Ambiental, realizada no plenário da Câmara
Foto: Luiz França / CMSP

 

DA REDAÇÃO

A partir da próxima semana a CPI do Compromisso Ambiental entrará em uma nova fase: o estudo de casos concretos em que a compensação ambiental não está sendo feita da maneira correta. Nas duas primeiras etapas, a CPI recebeu especialistas e ambientalistas, que fizeram análises técnicas.

Segundo o vereador Ricardo Young (Rede), um dos casos que será estudado é o do Parque dos Búfalos, localizado na zona sul de São Paulo. “Queremos ver onde a compensação ambiental está sendo feita, como ela está sendo feita, sendo acompanhada. Nós já fizemos uma diligência no local e constatamos que parte dos compromissos da construtora assumidos com a prefeitura não vem sendo cumpridos. Um desses compromissos é o quesito da segurança do parque e a integridade do maciço arbóreo. Vimos vários focos de degradação, por exemplo”, disse.

Danilo Bifone é responsável pelo “Muda Mooca”, projeto voluntário que promove plantio de árvores pela cidade, e lida no seu dia a dia com a compensação ambiental. Para ele, a compensação deveria ter um melhor acompanhamento. “A compensação ambiental deveria ter um acompanhamento melhor, de forma que a população tenha mais acesso, saiba onde estão as árvores que serão removidas e em que local será realizada a compensação. A gente precisa em São Paulo de uma mudança de mentalidade, de uma maior conscientização da importância das árvores”, disse.

Veja também