Comissão faz apelo para Câmara votar regras de filmagens na cidade

André Moura / CMSP

Comissão de Educação, Cultura e Esportes (11/9).

LUANA GASPAROTTO
DA REDAÇÃO

Comissão de Educação, Cultura e Esportes  recebeu, nesta quarta-feira (11/09), a diretora-presidente da Spcine, Laís Bodanzky, que falou sobre o futuro da instituição. A Spcine é a empresa municipal de cinema e audiovisual de São Paulo, vinculada à Secretaria Municipal de Cultura.

Os vereadores também aprovaram moção solicitando que o Plenário da Câmara vote o PL (projeto de lei) 542/2016, de autoria do Executivo (gestão Fernando Haddad), que trata da regulamentação de normas para filmagens na cidade.

Laís Bodanzky ressaltou a relevância da aprovação do projeto. “É importante entender que, para o Brasil, São Paulo representa 40% do setor audiovisual, tanto no consumo como na produção. A cidade tem atraído um número maior de filmagens, sendo hoje, o segundo maior destino de produção na América Latina”, explicou.

Presidente da comissão, o vereador Eliseu Gabriel (PSB) afirmou que o projeto já tramitou em todas as comissões. “Hoje, tivemos a decisão importante de pedir que ele seja votado. Vamos falar com a presidência da Câmara para colocar este PL em pauta, pois já está em condições de tornar todas essas atividades desenvolvidas pela Spcine uma lei”, disse o vereador.

Outros projetos

Outros cinco projetos de lei foram apreciados pela comissão. Para conferir a pauta completa do encontro e saber como os vereadores votaram, clique aqui.

Também estiveram presentes à reunião os vereadores Beto do Social (PSDB)Claudinho de Souza (PSDB), Eduardo Suplicy (PT), Gilberto Nascimento Jr (PSC), Jair Tatto (PT) e Toninho Vespoli (PSOL).

 

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também